Fone: (11) 5575 6675

HISTÓRIA

O Clube dos Paraplégicos de São Paulo é uma entidade sem fins lucrativos, que tem por objetivo proporcionar aos seus associados a prática de modalidades esportivas, alem de reuniões de caráter social e recreativo.

Fundado no dia 28 de julho de 1958, em homenagem a fundação da Federação Internacional de Esportes de Stoke Mandeville (pioneira internacional no esporte em cadeira de rodas, criada em 28 de julho de 1948).

Contou com o apoio e participação de várias personalidades esportivas políticas além de empresários da indústria e do comércio de São Paulo, como por exemplo, o Dr. Paulo Machado de Carvalho, o então Marechal da Vitória do primeiro Campeonato Mundial de Futebol conquistado por nosso país. Dr. Paulo foi quem comandou a ata de fundação do Clube que aconteceu no Ginásio de Esporte do Ibirapuera.

Para se ter uma idéia da união de entidades e personalidades, cada clube do futebol paulista (Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Juventus, Santos, Portuguesa e outros), doou uma cadeira de rodas para a equipe.

A idéia de se formar o Clube, aconteceu em 1957, a partir de um desafio lançado pela equipe de basquete americana “PAN-NA-JETS”, formada por funcionários deficientes da ex-empresa de aviação, a Pannan.

Um grupo paulista de paraplégicos se reuniu e decidiram então montar a primeira equipe de basquete em cadeira de rodas do Brasil. A liderança foi tomada por Sérgio Seraphim Del’ Grande, que após um acidente sofrido quando disputava uma partida de futebol no Colégio Arquidiocesano, foi levado para os EUA para fazer sua reabilitação, onde este esporte já era bastante praticado por paraplégicos.

Estas foram as bases para que em 1958 se fundasse o CPSP – Clube dos Paraplégicos de São Paulo, com grande apoio de órgãos governamentais desportivos da Federação Paulista de Futebol e até de algumas celebridades do esporte e da indústria paulistana.

Olhando-se a lista de presença da assembléia de fundação veremos nomes tais como: Laudo Natel (ex-governador de São Paulo),

Antonio Ermírio de Moraes (pai do empresário Antonio Ermírio),

 

Vicente Feola (técnico da Seleção Brasileira de Futebol Campeã Mundial de 1958), Julio Fantause (Presidente da Federação Paulista de Futebol) entre outros.